4 medidas para reduzir nossa produção de lixo orgânico em casa

Como eu já mencionei aqui, segundo o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, o lixo doméstico produzido pelos brasileiros é composto de, aproximadamente, 51,4% de resíduo orgânico. Isso significa que mais da metade do nosso lixo doméstico é composto por restos de alimentos cozidos e cascas de frutas e legumes. A boa notícia é que podemos reduzir a produção desse lixo a quase zero com apenas algumas medidas!

1- Reduza o desperdício de alimentos

Segundo Viviane Romeiro, Gerente de Clima do World Resources Institute (WRI) Brasil, o desperdício de alimentos no Brasil chega a 41 mil toneladas por anoSegundo ela, a perda de alimentos ocorre durante toda a cadeia do consumo, desde a colheita, passando pela pós-colheita, a distribuição, os supermercados e os hábitos do consumidor.

O desperdício de alimentos desde a plantação até nosso consumo é muito grande, gerando um grande volume de lixo orgânico que poder ter um destino melhor que aterros e lixões
Foto: o desperdício de alimentos desde a plantação até nosso consumo é muito grande (Alexandr Podvalny em Unsplash)
Como reduzir esse desperdício?

Comprar de produtores locais pode ser uma boa maneira de reduzir nossa participação nessa cadeia de desperdício já que, como já mencionei aqui, ao comprar deles, consumimos alimentos mais frescos e contribuimos para a redução das perdas que acontecem durante o trajeto de transporte dos alimentos que, hoje, podem ultrapassar 80% de tudo que é produzido nas fazendas brasileiras.

Outra maneira de reduzir o desperdício é planejar as refeições para evitar excessos e sobras que serão jogados fora depois. Fazendo esse planejamento, não só reduzimos o desperdício de alimentos como de nosso dinheiro também.

2 – Tenha um Minhocário Doméstico

O minhocário é um sistema de reciclagem do lixo orgânico caseiro que utiliza minhocas. Elas digerem o “lixo” orgânico, transformando restos de alimento em adubo.

Como um minhocário funciona?

A manutenção de um minhocário é muito simples e o processo de decomposição da matéria orgânica é mais prático e mais rápido do que em composteiras, que não utilizam minhocas. Por isso minhocários são tão indicados para residências.

  • Durante o dia, basta descartar o lixo orgânico em uma lixeira separada e, a noite, despejá-lo na caixa superior do minhocário misturado com matéria seca (folhas, galhos ou serragem, por exemplo).
  • Quando a caixa superior do minhocário encher, basta trocá-la de lugar com a segunda e deixá-la reservada por um mês para a formação do adubo. A caixa que passou para cima, agora, será preenchida com a matéria orgânica da mesma maneira que a primeira e as minhocas passarão para ela (todas os recipientes se conectam).
  • A terceira caixa, que fica na parte inferior do minhocário e tem uma torneira, serve para o escoamento do chorume orgânico ou Biofertilizante. Esse líquido é inodoro e extremamente rico em nutrientes para o solo.
Minhocário da Spiralixo. Ter um minhocário em casa é uma ótima maneira de reduzir drasticamente nosso lixo doméstico
Foto: minhocário da Spiralixo (Isabella Menezes)
Onde encontrar

Existem várias lojas na internet que vendem minhocários e minhocas californianas. Eles normalmente estão disponíveis em três tamanhos: P (para famílias de até duas pessoas), M (para famílias de três a quatro pessoas) e G (para famílias de cinco a seis pessoas).

Eu comprei o meu com o pessoal da Spiralixo que, além de vender minhocários, minhocas, húmus e biofertilizante, desenvolve um projeto muito legal chamado Vida Composta, que tem como objetivo transformar o resíduo orgânico da Comunidade Nossa Senhora de Fátima, no Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte, em adubo para as plantas, gerando trabalho e renda.

A Massalas e a Morada da Floresta também vendem minhocários e outros produtos relacionados a compostagem. Procurando na internet, você encontra outras lojas online também.

3- Contrate um serviço de coleta de lixo orgânico

Se você não tem espaço ou tempo para manter um minhocário, você pode contratar o serviço de coleta de lixo orgânico. O pessoal da Massalas oferece três planos de coleta em Belo Horizonte. Em um dos planos, você entrega seu lixo orgânico uma vez por semana para eles em um dos pontos de coleta disponíveis na cidade. Nos outros dois planos que oferecem, eles coletam o resíduo orgânico em sua casa semanalmente ou quinzenalmente.

Procurando por empresas que prestam esse serviço em outras capitais, encontrei a Ciclo Orgânico no Rio de Janeiro. A Futura Sustentável presta esse serviço para empresas em São Paulo e várias outras cidades de outros estados. Vale a pena conferir se eles coletam lixo orgânico para empresas em sua cidade também. Já a Morada da Floresta desenvolve sistemas de vermicompostagem (minhocários modulares e sistemas de compostagem em cilindros e em leiras) para condomínios, empresas, escolas, hotéis e outros estabelecimentos de maior porte em São Paulo.

4- Aproveite os alimentos ao máximo

Muitas das cascas e talos que jogamos no lixo e até mesmo no minhocário podem ser usadas para fazer receitas como estas aqui.

Alguns “restos” de alimento não podem ser colocados no minhocário, como cascas de cebola e alho e cascas de frutas cítricas, como laranja e limão. Existem receitas em que esses “restos” podem ser aproveitados também, como essa receita de geleia de casca de laranja e receitas como a de caldo de legumes da nutricionista Marina Lanza, em que cascas de cebola podem ser usadas. Essa receita de caldo pode ser usada para fazer arroz, sopas, risoto e outras receitas:

  •  junte as pontas de legumes que normalmente jogaríamos fora (incluindo cascas de cebola) em um recipiente no freezer a medida e que forem sendo geradas;
  • quando o recipiente encher, coloque tudo em uma panela com água e deixe ferver;
  • adicione temperos e ervas, passe tudo por uma peneira e coloque o caldo em formas de gelo.
Instruções para o uso dos minhocários, incluindo aquilo que pode e não pode ser colocado neles.
Imagem: instruções para o uso dos minhocários, incluindo aquilo que pode e não pode ser colocado neles (Isabella Menezes)

Com essas quatro medidas, nós somos capazes de reduzir nossa produção de lixo orgânico a quase zero e reduzir nosso lixo doméstico pela metade.

 

 

Share
Facebook
Facebook
TWITTER
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *