Customização: como renovar o armário sem comprar roupas novas

Moda tem sido um assunto recorrente por aqui. Já falei sobre os males sociais e ambientais do movimento de fast fashion e sobre brechós, guarda roupas compartilhados e marcas de slow fashion como opções mais sustentáveis de consumo. Os dados não são precisos, mas apontam que a moda está entre a segunda e a oitava indústria mais poluidora do mundo e consome cerca de 25% de todo o agrotóxico do mundo. Por isso, procuro sempre por alternativas antes de decidir comprar uma peça de roupa nova. E uma das alternativas a que recorri recentemente foi a customização!

Antes de pensar em vender ou doar roupas antigas para comprar novas, podemos optar pela customização para renová-las e adequá-las à nossa rotina e gosto.
Imagem: Fancycrave/Unsplash

Muitas pessoas mantém roupas no armário por anos sem usá-las por não se encaixarem na rotina delas ou as usam por anos e, mesmo que ainda estejam boas, não as querem mais. Antes de pensar em vender ou doar roupas antigas para comprar novas, podemos customizá-las ou adequá-las à nossa rotina e gosto.  As opções são diversas e tudo que precisamos é de um bom costureiro ou costureira.

No meu caso, particularmente, já queria comprar uma calça pantacourt há algum tempo e, ao mesmo tempo, tinha duas calças compridas sociais pretas no armário (uma comprada e outra ganhada). Uso calça social em poucas ocasiões e não precisava das duas. Ao invés de comprar um pantacourt ou vender uma das calças sociais, transformei uma delas em pantacourt (foto abaixo).

 Ao invés de comprar um pantacourt ou vender uma das calças sociais, transformei uma delas em pantacourt
Foto: calça comprida social transformada em pantacourt (Isabella Menezes)

E existem várias outras possibilidades de customização! Podemos transformar calças em shorts, vestidos longos em curtos e vestidos curtos em blusas. Podemos transformar casacos em coletes, blusas em camisetas, dentre várias outras possibilidades. Além de ajustes, podemos incluir bordados, patches e até mesmo tingi-las. Ao transformar uma peça antiga em nova, renovamos nosso armário gerando baixo impacto no meio ambiente e vídeos e tutoriais na internet, como aqui e aqui, não faltam para nos inspirar! 

Share
Facebook
Facebook
TWITTER
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *